NOTÍCIA

Governo do Amazonas anuncia isolamento mais severo

  • Sábado, 23 de janeiro de 2021 às 14h58 (Atualização: 23/01/2021 21h01)
  • Denis Thaumaturgo

Por conta da pandemia, o novo decreto anunciado às 14h desse sábado (23) estabelece medidas mais rígidas que entrarão em vigor a partir de segunda-feira (25), com validade até o dia 31, que são:

• Supermercados poderão ficar abertos de 06h as 19h, limitados a produtos de alimentação, bebidas, limpeza e higiene pessoal;

• As farmácias poderão ficar abertas durante 24 horas, assim como serviços de saúde tais como: clínicas de serviço de urgência e emergência, clínicas veterinárias, atendimento à domicílio e atendimento de saúde mental;

• As feiras poderão funcionar de 04h as 08h da manhã;

• Restaurantes, padarias e bares (com CNAE de restaurante) poderão funcionar apenas no sistema de delivery, das 06h às 22h;

• Obras e serviços de engenharia só serão permitidos se estiverem relacionadas a área de saúde;

• Produção e transporte permitido exclusivamente quando se tratar de produtos essenciais a vida, tais como: alimentos, medicamentos e insumo. Além dos transportes de trabalhadores das atividades que estão permitidas;

• As indústrias funcionarão em turnos de 12 horas, com exceção das empresas voltadas a produtos de: alimentação, farmácia e de itens para os hospitais;

• A restrição de circulação de pessoas que passa a ser de 24 horas, e não mais das 19h às 06h como estava acontecendo. O cidadão só poderá sair de suas casas se houver estrema necessidade, como por exemplo: ir ao supermercado, farmácia, casos de urgências e emergências. Além disso, para ir ao supermercado só será permitida uma pessoa por família.

"Essa é uma medida para que a gente possa diminuir as aglomerações e consequentemente quebrar essa cadeia de transmissão do vírus." Disse o Governador do Amazonas, Wilson Lima.

A polícia militar e corpo de bombeiros estarão nas ruas para garantir o cumprimento do decreto.